domingo, 24 de fevereiro de 2008

O que é URL?

URL é url, nada mais existe na web que URL´s.

Quase sempre os webdevelopers (desenvolvedores e programadores de meios web), e hoje até mesmo os usuários na figura do blogger, identificam uma página através de uma identidade única na rede. Essa identidade é a URL, que é o acrônimo (sigla) de Uniform Resource Locator, em português Localizador Uniforme de Recursos. Esses recursos podem ser lógicos ou abstratos (páginas, áudio, vídeo, etc...) ou físicos (impressoras, servidores, etc...). Ok? Beleza, então vamos prosseguir.

Quando o usuário, comum ou desenvolvedor, identifica a página web referida, procura sempre dar a ela um identificador pertinente ao assunto tratado naquele recurso. Por exemplo, se numa página web estamos falando sobre uma reportagem que fala de um serviço da web, e esse serviço é específico e tem um nome, geralmente daremos àquela página um nome associado ao nome do serviço, muitas vezes até o próprio nome do serviço fará parte da URL. Vamos à pratica:

Gostaríamos de achar algum site que fale sobre um determinado assunto, como monografia. Certo, agora utilizaremos o termo avançado do Google que restringe a busca às URL´s. Digitaremos assim:

inurl:monografia

Resultado: 150 mil links de resultado. Podemos pegar um dos resultados como exemplo:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Monografia

Trata-se da Wikipédia, em português, conceitualizando a palavra. Perceba que a URL é tudo isso que aparece e que monografia é uma palavra contida na URL, logo o termo avançado do Google inurl: busca por palavras que estejam explícitas na URL da página ou recurso. vejamos outro exemplo importante:

http://www.monografia.net/

Veja que trata-se de um portal ou site, não simplesmente de uma página. Ou seja, quando utilizamos inurl a plavra objeto da busca pode estar contida no site ou portal ou simplesmente fazer parte da URL de uma página específica. Conclusão associada ao estudo: todo portal ou site é uma URL, mas nem toda URL é portal. Certo? Entendido? Ok, possigamos.

Vamos verificar de outra forma? Vamos:

inurl:monografias

Resultado: 714 mil links de resultado. Mas podemos fazer melhor ainda.

inurl:monografia OR inurl:monografias

Resultado: 163 mil links de resultado. O que podemos analisar? Lembrem que há alguns posts atrás falamos sobre a importância da ordem das palavras na busca. Pois é, neste caso a palavra monografia vem antes, por isso ela determina o peso da busca. Vamos agora inverter as palavras:

inurl:monografias OR inurl:monografia

Resultado: 863 mil links de resultado. Melhor ainda não é mesmo. Então aprendemos mais esta informação: troque a ordem das palavras. Mas você vai perceber que não é a maior quantidade de resultados é que determina a melhor filtragem da busca, mas sim a importância da palavra no assunto pesquisado e isso o Google já trás agregado no cerne do sua função principal: buscar melhor.

Agora vamos aprender mais uma coisinha, aproveitando o termo avançado inurl:. Vamos agora escrever melhor o nosso último objeto de busca. No lugar de escrever: inurl:monografias OR inurl:monografia. Podemos escrever menos, assim:

inurl:(monografias OR monografia)

Resultado: 5,8 milhões de links de resultado. Além de escrever melhorar a escrita trouxe-nos mais informações, que podem ser ou não de boa qualidade. O que vai melhorar é também o uso de termos referentes ao assunto e a utilização associada aos outros termos avançados do Google, tais como o próprio site, estudado anteriormente, e outros que vamos estudar mais adiante.

Mas além desse operador avançado existe um outro que age no mesmo universo do inurl, é o allinurl. Você então me pergunta: Qual a diferença dos dois? E eu respondo, claro, estou aqui pra isso. A diferença é que o inurl utilizamos para buscar uma palavra, e o allinurl utilizamos par abuscar mais de uma palavra, todas (all) as palavras. Certo? Mas como usar? Da seguinte forma:

Voltando ao exemplo da(s) monografia(s):

allinurl:monografia monografias

Resultado: 942 links de resultado. Muito legal, e podemos perceber que as duas palavras fazem parte da URL, ou seja é como se fizéssemos uma busca das duas palavras na URL mais o operador lógico AND, lembra deles? Pois é, agora podemos testar o peso das palavras trocando a ordem. Assim ó:

allinurl:monografias monografia

Viu como é diferente. Foram 937 resultados. Diferença pouca, neste caso, mas existe a diferença. Em outros casos de outras palavras a diferença pode ser bem maior. Mas continuando a análise do operador lógico. Vamos utilizar um caractere curinga nessa história. Vamos fazer assim:

allinurl:monografia.monografias

Resultado: 123 links de resultado. Percebeu o ponto (.) utilizado entre as palavras? Pois é, ele nos diz que as palavras estão de tal forma unidas que estão separadas apenas por um caractere. Nos resultados você pode perceber por exemplo, na URL abaixo:

http://www.mydatabasesupport.com/... ...monografia-monografias-teses-iso-8859-1....

As palavras estão separadas pelo caractere traço (-). O ponto aí fez o papael do traço. Outros caracteres podem ser interpretados. Mas vamos agora mexer nos pesos, trocando a ordem das palavras:

allinurl:monografias.monografia

Resultado: 92 links de resultado.

E por aqui encerramso nossos estudos de hoje. Espero ter contribuído um pouco mais com esta pequena participação no exclarecimento do uso de motores de busca, em particulat o Google, para que o leitor possa fazer uma busca com maior consistência, qualidade e conciência.
_________________________________________________

REFERÊNCIAS:

O livro: GOOGLE. A história do negócio de mídia e tecnologia ....
Autor: David A.Wise e Mark Malseed - Tradução: Gabriela Fróes - ISBN: 978-85-325-2149-1

Na internet podemos encontrar várias referências sobre URL e o termo avançado do Google inurl:

http://pt.wikipedia.org/

http://www.googleguide.com (inurl)

http://www.googleguide.com (allinurl)
______________________________________________________