segunda-feira, 13 de julho de 2009

Gone too soon - acabou tão rápido:


Esta música foi feita por Michael para um jovem que morreu de Aids, e sua letra seria uma espécie de alerta para mostrar a importância de se pesquisar a cura para esta doença.

cortesia de www.letras.com.br

Like a comet
Blazing cross the evening sky
Gone too soon

Como um cometa
Cruzando o céu ao anoitecer
Acabou tão rápido…

Like a rainbow
Fading in the twinkling of an eye
Gone too soon

Como um arco-íris
Sumindo em um piscar de olhos
Acabou tão rápido…

Shiny and sparkly
And splendidly bright
Here one day
Gone one night

Brilhante, cintilante
E esplendorosamente radiante
Aqui, um dia
Tornou-se em noite

Like the loss of sunlight
On a cloudy afternoon
Gone too soon

Como a falta da luz do sol
Em uma tarde nublada
Acabou tão rápido…

Like a castle
Built upon a sandy beach
Gone too soon

Como um castelo
Construído na areia da praia
Acabou tão rápido…

Like a perfect flower
That is just beyond your reach
Gone too soon

Como uma flor perfeita
Que está fora do seu alcance
Acabou tão rápido…

Born to amuse, to inspire, to delight
Here one day
Gone one night

Nascido para alegrar, inspirar, encantar
Aqui um dia
Tornou-se em noite

Like a sunset
Dying with the rising of the moon
Gone too soon

Como um pôr do sol
Morrendo com o nascer da lua
Acabou tão rápido…
Acabou tão rápido…


*****
Algumas pessoas são cometas, brilhan rapidamente e passam rapidamenteOutras são como estrelas que piscam constantemente e aparecem e desaparecem.

Sabem o que eu acho? Acho que a gente não devia perder tempo na vida, deveríamos nos abraçar uns aos outros, abraçar os amigos, passear com a mãe da gente pelas ruas, olhar com mais atenção pras coisas, pra natureza que Deus nos deu. Perceberam o que escrevi? DEUs nos DEU.

Quando dar (DEU) se torna plural (DEUs), isto é, quando dermos mais de nós mesmos, uns aos outros, então estaremos mais próximos de DEUS.

Jesus veio nos dar essa mensagem, e acabamos por interpretar errado. Estamos pagando um preço muito alto pela nossa ignorância.

Acho que já passou da hora da gente ficar julgando as pessoas, chamando-as deruins, fazendo comentários pejorativos pelas costas.

Se é certo que só colhemos aquilo que plantamos, então pro que insistimos em plantas amargura, dor, pesar, tristezas, conflitos, brigas,...? Não entendo isso. Acaba que colhemos as guerras no mundo.

Se é certo que só colhemos o que plantamos, poxa vida, então vamos sorrir mais, cumprimentar mais, abraçar mais, dizer mais "eu te amo" pras pessoas que amamos, perdoar a quem nos faz mal, vamos insistir. Tenho a impressão de que se passarmos a fazer isso, sempre, vam0s fazer milagres.

Se amarmos mesmo com sinceridade as pessoas, e começarmos a vê-las como sendo nós mesmos, não faremos a elas o que não queremos que façam a nós mesmos.

Aí meu irmão, nada mais vai nos atingir que nos faça mal. Aí vamos curar as feridas provocadas pro nós mesmos... Nossa, meu Deus, como vai ser bom quando esse dia chegar, aí não morreremos mais, por que só a vida e o amor residirá em nós...e seremos eternos.