sábado, 13 de março de 2010

http://www.votenaweb.com.br

Não sou muito fã de política, por que acho que estamos numa UTI moral no Brasil, com relação à classe política e também com relação a brasileiros que condenam, criticam, dizem disso e daquilo dos políticos e quando chegam lá, nos píncaros dos cargos políticos fazem a mesma coisa. Ainda não encontrei político, na história do Brasil, que merecesse minhas verdadeiras considerações.

Mas percebendo como o povo brasileiro ainda se embriaga com o assunto resolvi colocar aqui quatro sites muito importantes para acompanhamento da situação política no país.

Emcabeço o post com o site que acho mais importante: Vote na WEB. Sem dúvida, um projeto louvável e interessante. O próprio congresso deveria ter disponibilizado esta ferramenta, se é que o congresso tem algum interesse em nos fornecer tais informações. Acho que não, mas aí vai.

http://www.votenaweb.com.br






















Outro muito importante, que já foi alvo do nosso blog, mas que está de cara nova, com mais opções de infromações, é o MUCO: Museu da Corrupção.

http://www.dcomercio.com.br/muco/home.htm
























Outro muito legal pra acompanhar as ações dos nossos políticos, aqueles que estão em evidência em suas cadidaturas, permitindo que possamos fazer um balanço sobre as copnsiderações positivas e negativas, nos dando subsídios a considerar os nossos candidatos a cargos polítcos/públicos. Temos o BOVAP, Bolsa de Valores Políticos, funcionando como um Home Brokem. Você já começa com 50.000 UVP. A Bolsa de Valores Políticos é um projeto experimental em que você pode comprar e vender ações de valores políticos através de um Home Broker. Você opera com uma moeda fictícia e contribui para a formação de um índice colaborativo da política brasileira. Na BOVAP você pode definir quanto vale um político.

http://www.bovap.com.br/






















Nossa terceira e última sugestão, continuando na linha política partidária, é o Transparência Brasil. Muitos dos projetos da Transparência Brasil baseiam-se no incremento do acesso à informação. As ferramentas ajudam cidadãos, a imprensa, ONGs, organismos acadêmicos e órgãos de controle do Estado a exercerem o monitoramento das instituições do governo. Licitações, financiamento de campanhas, muitas outras coisas e até monitoramento do STF. É o Transparência Brasil, ajudando o cidadão eleitor a decidir em quem votar.

http://www.transparencia.org.br/index.html






















Aí está o post especialmente pra quem gosta de acompanhar a política no Brasil.

Ainda estamos muito longe do que acontece nos Estados Unidos, onde é dado ao cidadão a oportunidade de interagir com os seus políticos, onde a população decide o que fazer e como fazer, uma política democrática, abrangente e eqüâneme.

"Temos de usar todas as tecnologias e métodos disponíveis para abrir o governo federal, criar um novo nível de transparência para alterar a forma de fazer negócios em Washington, E os americanos dando a oportunidade de participar nas deliberações do governo e tomada de decisão de formas que não eram possíveis apenas alguns anos atrás ". Plataforma de campanha de Barack Obama sobre a tecnologia

Vejam por exemplo o site GOV 2.0.

http://www.gov2summit.com/

















Muito diferente da política comprometida, de cabresto, de coronéis e agentes públicos e políticos corruptos que engendram os seus próprios destinos camuflados em suas ideologias baratas.